Após derrota para o CSA, Abel Braga deixa o comando do Cruzeiro; Adilson Batista assume

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Após derrota por 1 a 0 para o CSA, na noite desta quarta-feira, o técnico Abel Braga colocou o cargo à disposição e a confirmação da sua demissão ocorreu na manhã desta sexta-feira, após entrevista coletiva de Zezé Perrela.

No comando da raposa, Abel esteve a frente de 14 partidas, sendo três vitórias, três derrotas e oito empates. O técnico tinha contrato com a equipe celeste até o final de 2020. Abel chegou no Cruzeiro para tentar livrar o time da zona de rebaixamento, o que não ocorreu.

Com a derrota para o CSA, o Cruzeiro se complicou ainda mais na disputa contra o rebaixamento na competição. Faltando três jogos para encerrar o Brasileirão, o Cruzeiro possui 36 pontos, já o Ceará, primeiro time fora do z-4, tem 37 pontos.

Foto: Thiago Gadelha/SVM

Diante desse cenário, a diretoria do Cruzeiro já se movimentou e acertou os detalhes com o técnico Adilson Batista, que estava no Ceará. Adilson Batista tem passagens pelo clube celeste e possui grande identificação. Com a chegada do novo técnico, o Cruzeiro chega ao seu 4º técnico no Brasileirão.

Adilson Batista tem em mãos a missão de manter o Cruzeiro na elite do futebol brasileiro. Os dois próximos compromissos da equipe mineira são fora de casa, contra o Vasco e Grêmio, respectivamente. Na última rodada o Cruzeiro encara o Palmeiras, no Mineirão.

Fechar Menu

Escolha um time

Arraste ou navegue entre os pontos para ver mais times